sex. fev 21st, 2020

Welcome to Florianópolis

No alto da lista das cidades mais visitadas por estrangeiros, Florianópolis encanta por sua variedade de praias e pela capacidade de agradar todo tipo de público.

Não é pra menos! Conhecida como Ilha da Magia, costuma-se afirmar que a capital tem 42 praias, mas há quem diga que esse número é ainda maior. Gosta de pegar uma onda? Pode ir pra lá sem pestanejar! Não gosta de mar agitado e prefere águas calminhas? Pode ir também. A cidade realmente tem todo tipo de praia: desertas, super movimentadas, com dunas, com muito verde, e por aí vai.

Do sul ao norte, de leste a oeste, a principal atração é sempre essa: o mar. É dele que sai também a mais popular produção do estado, a de ostras. Nos restaurantes, as ostras são servidas nas mais diversas modalidades; seja natural ou gratinada, há sempre a certeza de consumir o produto fresco.

Floripa, para os íntimos, é a cidade para conhecer pessoas! Confira 8 passeios imperdíveis:

Quem faz o estilo aventureiro tem em Floripa um prato cheio também.

As trilhas são inúmeras, muitas delas terminando em praias preservadas e pouco exploradas – quase um troféu dado a quem se encoraja a caminhar um pouco.

Já ouviu falar da famosa Jurerê? Certamente não é das mais bonitas, mas está entre as mais badaladas praias do Brasil! Um empreendimento imobiliário de alto padrão fez o trecho esquerdo da praia ganhar o nome de Jurerê Internacional, por conta das casas que fogem um pouco da realidade do nosso país – só se vê casas enormes e sem muros. Quem quer agito, conhecer gente e tomar bons drinks em frente à praia pode apostar nessa opção.

Ao sul, onde as águas são mais claras, um dos grandes atrativos é a Ilha do Campeche.

Digna de transparência caribenha, a pequena praia da ilha é de tirar o fôlego, tamanha a beleza. Também dá para fazer trilhas guiadas, observar inscrições rupestres ou simplesmente se extasiar com o visual para o mar aberto – depende da vontade do visitante.

Vá no verão para aproveitar o mar numa temperatura agradável, mas tenha paciência, porque os engarrafamentos no fim do dia são gigantescos. Conheça um pouco da ilha, aproveitando sua qualidade de vida, e desvende também a cultura açoriana, forte no estado. Tranquilidade e agito, festas e descanso são aparentemente qualidades de lugares opostos, mas Floripa vem desempenhando esse papel versátil com maestria.

Quando ir a Florianópolis

Da mesma forma que em boa parte dos destinos turísticos do nosso país, é no verão que a coisa acontece. Em Floripa, o turismo está voltado para as praias e é nessa época, também, que a água está na sua melhor temperatura. Portanto, se você não é surfista e não quer entrar num mar gelado, não vá no inverno.

É bom lembrar, no entanto, que no período de férias – principalmente depois do Natal, até o início das aulas – são constantes os engarrafamentos no horário de saída de praia. Uma boa alternativa para amenizar os efeitos do trânsito é conhecer a Ilha da Magia em fevereiro e março, quando o público já é menor, mas a água ainda é agradável.

Réveillon e Carnaval são épocas bem agitadas na cidade.

Na virada do ano há comemoração com fogos organizada pela prefeitura, o chamado Réveillon dos Sonhos. Há agito na orla da beira-mar norte, incluindo fogos na Ponte Hercílio Luz. Além disso, há festas privadas em bares e clubes.

No Carnaval, a cidade também fica cheia. Os blocos de rua, em combinação com as escolas de samba que desfilam na Passarela Nego Quirido, fazem um show para os visitantes. O público LGBT comparece em peso, sendo uma das cidades mais populares entre eles.

Em 19 de março, São José, a cidade vizinha de Floripa, faz aniversário. Em seguida, no dia 23 de março, é a vez de a capital completar mais um ano. As prefeituras das duas cidades sempre comemoram com eventos festivos, maratonas e shows de cantores famosos.

FONTE: Guia Melhores Destinos