qui. abr 25th, 2024

Advogado ajuda cidadãos brasileiros na Flórida

Por,Marcello Veríssimo 

Fazer do seu trabalho um propósito na vida. Essa é a missão do brasileiro Jhonatas Porcides, de 29 anos, naturalizado americano, que atua como advogado nos Estados Unidos auxiliando os cidadãos brasileiros residentes no país mais poderoso do planeta. Nascido em Curitiba, capital do Paraná, ainda criança aos 7 se mudou para o estado da Flórida com sua família, onde cresceu na região de Port Charlotte, no condado de Charlotte. “Sempre quis ser advogado, é minha vocação”, diz ele, que hoje vive em Fort Lauderdale, também na Flórida e que conta com uma comunidade de aproximadamente 500 mil cidadãos imigrantes brasileiros.   

E o jovem advogado, com o passar dos anos, foi conquistando seu sonho e desenvolvendo sua vocação. Estudou muito, se tornou Bacharel pela “University of Souh Flórida” e doutor em Direito na “Flórida Coastal School of Law”. Com know how e experiência, apesar da idade jovem, o advogado diz trabalhar para fazer Justiça pelas pessoas. “99% das pessoas sem trabalhar não ganham ajuda. Não importa seu status imigratório, todos têm o mesmo direito na esfera cível”.  

Porcides auxilia os cidadãos brasileiros, na maioria dos casos, que geralmente se envolvem em acidentes de trânsito. “Boa parte dos imigrantes não conhece ou não sabe os direitos na Flórida, mas também noções de imigração, seguro”, diz o advogado.      

Além de atuar nos tribunais, Jhonatas também explica que ministra palestras em sua área, administra seu próprio escritório e também atua como uma espécie de digital influencer do direito por meio do seu canal no Youtube (advogado na Flórida), juntamente com um perfil no Instagram @porcideslaw ainda em participações em programas de rádio e televisão.  

Brasil e Pandemia – O advogado diz que, mesmo morando tanto tempo longe do Brasil, sempre que pode costumava visitar o país uma vez por ano antes da pandemia, mas que desde o ano passado com o surgimento do coronavírus sabe que seu país natal vive uma “situação delicada” e torce para superarmos essa fase crítica. “Meu coração sempre vai ser brasileiro com esperança de que isso [o colapso causado pelas mortes na pandemia] melhore o quanto antes”, deseja. Telefone: 954-729-3054